Negócios

3 dicas de negociação na hora de vender a sua empresa

“Quero vender minha empresa”. Se esse pensamento já passou pela sua cabeça, é preciso saber que empresas que não são vendidas de forma profissional podem perder até 50% do seu valor. Por isso, neste artigo traremos dicas importantes para negociar a venda da sua companhia

Organize as informações importantes

Ter o controle financeiro da empresa organizado diminui os riscos que podem inviabilizar a venda ou até mesmo baixar o preço da companhia. Por isso, reúna informações como a margem de lucro da empresa nos últimos anos, quais são os ativos e passivos atuais e as pendências da companhia. Dessa forma, você mostrará para potenciais investidores que a saúde financeira, fiscal e de lucro estão sob ótima gestão. 

Faça o valuation 

O valor de uma companhia é formado a partir da junção de diversas variáveis que influenciam na hora da negociação. Utilizar o método de avaliação do valor de uma empresa – conhecido como valuation – é primordial para alcançar sucesso na transação de venda profissional da sua companhia. 

Existem três metodologias para avaliar uma empresa: pelo valor de seus ativos e passivos (Asset Value), pelo valor de empresas comparáveis (Múltiplos) e por sua capacidade de gerar caixa nos próximos anos (Fluxo de Caixa Descontado). Esta última é mais valorizada pelo mercado e pode aumentar o valor de uma empresa financeiramente saudável.

Planeje a estrutura da transação

Para vender sua empresa de forma mais rápida, é necessário estruturar em algumas fases o processo de negociação. Primeiramente, elabore dois tipos de documentação de venda: o acordo não confidencial e o confidencial, sendo que o segundo será divulgado apenas aos investidores com os quais você tiver interesse em negociar após assinarem o termo de confidencialidade.

Em seguida, promova um Road Show – uma apresentação a potenciais investidores que estão interessados na empresa, tanto nacionais quanto internacionais. Quanto maior o número de investidores envolvidos nesse processo, maior será o valor obtido na venda, pois neste evento ocorre um processo competitivo, onde os investidores negociam a compra da empresa e fazem ofertas, chamadas de “ofertas não vinculantes”.

Após selecionar as ofertas que lhe interessam será o momento de efetuar o Due Diligence, uma auditoria que verifica todas as informações da empresa a ser adquirida, incluindo a parte jurídica, fiscal, de recursos humanos, ambiental, entre outros itens importantes. Após essa análise, o comprador faz sua oferta final, formalizando o contrato de compra da empresa.

Com essas dicas você pode vender sua empresa de forma mais simples, prática e estratégica sem diminuir o valor dela. Com ajuda profissional, é possível passar por todo o procedimento sem grandes preocupações, maximizando o valor de venda e diminuindo riscos. Contate a CAPITAL INVEST, que oferece consultoria em M&A, auxiliando empresas nacionais e estrangeiras nas suas aquisições no Brasil para gerar maior valor com menor risco.

Botão Voltar ao topo